Pastoral Familiar – – Arquidiocese de Montes Claros, MG.

Em defesa da família e da vida.

Archive for setembro \23\UTC 2015

TWITTER @PONTIFEX_PT 22/09/2015

Posted by pastoralfamiliarmoc em 23 de setembro de 2015


Obrigado a todos os cubanos! De coração, obrigado!

Anúncios

Posted in Geral | Leave a Comment »

Pastoral Familiar em Ubaí

Posted by pastoralfamiliarmoc em 21 de setembro de 2015


Neste último Sábado, dia 12/09,15  foi constituída a Equipe de Paroquial de Pastoral Familiar da cidade de Ubaí. Tendo como Assessor Espiritual o Padre Adão. Essa equipe responderá pelo planejamento de evangelização das famílias em todas as situações e etapas,  da sede da Paróquia e também de 44 comunidades:

coordenador Geral:  Diomedes e Joelma telefone:(38) 99692075
Vice- coordenador: João Élcio e Cesiane telefone;(38) 99160691
Coordenador do pré- matrimonio: Antonio e Marlúcia telefone;938) 99915403
Vice: Diofirmo e Eleonice telefone:(38) 99225194
Pós- matrimonio: Fabiane e Eliane telefone:(38) 99069252
Vice: Valdemar e Lúcia telefone:(38) 99045933
Casos especiais: Carlos e Marlí telefone:(38) 99170906
Vice: Miguel e Osvaldina telefone:(38) 99155245
Que a Paz esteja com todos.
Storino
Formação de Agentes

Posted in Geral | Etiquetado: , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Papa aos jovens cubanos: “não parem de sonhar”

Posted by pastoralfamiliarmoc em 21 de setembro de 2015


2015-09-21 Rádio Vaticana

Havana (RV) – O Papa Francisco se encontrou com os jovens no final da tarde deste domingo, (20/9) no Centro Padre Félix Varela de Havana. No seu discurso improvisado, e sob uma chuva fina, o Papa disse: “Não sei se em Cuba se usa a palavra curvar-se, é isso o que eu lhes peço: não parem de sonhar. A capacidade de sonhar é o que nos torna capazes de trabalhar por um mundo melhor. Quanto maior é a capacidade de sonhar mais seremos capazes de realizar”.

O Papa tocou o tema da inimizade: “A inimizade social, destrói. Uma família se destrói pela inimizade. O mundo se destrói pela inimizade. E a maior inimizade é a guerra e hoje o mundo está sendo destruído por causa da guerra, porque não são capazes de se sentar e conversar”. “O que podemos fazer?… não matem mais pessoas” sugeriu ao Papa para que se discuta sobre as guerras”. “Há a morte na alma porque estamos matando a capacidade de unir – acrescentou, dirigindo-se aos jovens -. Sejam capazes de distanciar a inimizade social”.

“Na Europa – disse ainda o Papa, mudando de tema – há uma inteira geração que não tem esperança, porque não estuda e não trabalha. Eu me pergunto que país é aquele que não oferece um futuro para os jovens”.

“Um povo, não digo um governo, que não se preocupa com os jovens, que não inventa uma possibilidade de trabalho para seus jovens, ele não tem um futuro”, continuou o Papa descrevendo com pesar “os jovens incapazes de dar vida, de criar amizade social, de criar uma pátria”, e que “obviamente, entram a fazer parte da cultura do descarte: a cultura que não tem esperança, na qual se descarta o idoso porque ele não produz, se pensa na eutanásia em certos países, mas em outros existe uma eutanásia escondida, e se descartam os jovens”. “Esta cultura do descarte – afirmou – está fazendo mal a todos, acaba com a esperança, uma esperança que é sofrida, fadigosa e fecunda”. (SP)

(from Vatican Radio)

Posted in Geral | Leave a Comment »

SEMEAR É VERBO DIVINO

Posted by pastoralfamiliarmoc em 18 de setembro de 2015


pedro e glorinha foto nova

Glorinha Mameluque

Há algum tempo escrevi uma crônica com esse tema:” Semear é verbo divino”. Hoje vejo com bastante nitidez como isto é verdade. Recentemente acompanhando meu esposo em internação hospitalar na Santa Casa, cada equipe da capelania (que faz oração com os doentes) que entrava, ao se deparar conosco, exclamava surpresa e até emocionada: – “É Pedro e Glorinha? Do Encontro de Casais com Cristo? Foram vocês que levaram o ECC na minha paróquia…”

Esta cena se repete cotidianamente e hoje, ao comprar um medicamento numa das farmácias, um vendedor veio ao balcão e perguntou: “Você é Glorinha, não é? Glorinha de Pedro?” Eu respondi que sim. E ele afirmou: “A semente que vocês lançaram na Paróquia do Cintra, está viva até hoje. “ Pensei feliz: Como é bom semear…

O Evangelho de Mateus, 13, nos conta a parábola do semeador: “Um semeador saiu a semear. E semeando, parte da semente caiu ao longo do caminho; os pássaros vieram e a comeram. Outra parte caiu em solo pedregoso e nasceu logo, porque a terra era pouco profunda. Logo porém que o sol nasceu, queimou-se por falta de raízes. Outras caíram entre espinhos; os espinhos cresceram e a sufocaram. Outras enfim caíram em terra boa e deram frutos.”

Na primeira carta de São Paulo aos Coríntios, havendo dissensões, ele diz: “Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é quem fez crescer. Assim, nem o que planta é alguma coisa nem o que rega, mas só Deus que faz crescer.” (1 Cor 6-7)

Eu e Pedro sempre seguimos esta afirmação  na nossa vida: sempre plantar, plantar… lançar a semente, sem nos envaidecer, sem preocupações, porque é Deus quem faz crescer, mas não aquele que planta.

Dom Helder Câmara em um poema nos diz: “Ajudem-me a semear sementes de amor. Mas amor não é semente que possa ser jogada de qualquer maneira. É importante, importantíssimo preparar o terreno, para que as sementes de amor rebentem viçosas…”

E Cora Coralina : “Se for para semear, então que seja para produzir milhões de sorrisos, de solidariedade e amizade.”

Creio que após mais de 30 anos de andanças no Encontro de Casais com Cristo e na Pastoral Familiar, podemos dizer: missão cumprida! Semeamos várias sementes que se transformaram em árvores frondosas, pois semeamos com amor e alegria e Deus deu o crescimento.

Louvado seja o Senhor!

Posted in Geral | Etiquetado: , , | 1 Comment »

Formação de Agentes da Pastoral Familiar em Ubaí

Posted by pastoralfamiliarmoc em 14 de setembro de 2015


Aconteceu em Ubaí

Neste Sábado, dia 12/09, aconteceu em Ubaí, a Formação de Agentes de Pastoral Familiar. Os casais da Comissão Arquidiocesana, Zé Antônio e Ruth, Storino e Elvira, saíram de Montes Claros, na sexta-feira, e foram hospedados pelo casal Miguel e Osvaldina.  Este casal é atuante nas questões familiares em Ubaí, e nas 44 comunidades que compõem a paróquia. Participaram do encontro mais de trinta casais. Outras 20 participaram no apoio, lanches e refeição foram servidos aos participantes.

Oportunamente, registramos aqui o apoio do Padre Adão, que permaneceu com seus paroquianos durante todo o encontro e que terminou com a celebração da Santa Missa. Lá mesmo na Igreja foram apresentados os novos integrantes da Equipe Paroquial da Pastoral Familiar da Paróquia de Ubaí.

No Sábado por volta das 17:00h retornamos para montes Claros, com a certeza que todos os que ali estão, farão um trabalho sem trégua pelo bem estar das famílias ubaienses. O Padre Adão com muita doação e carinho se comprometeu a assessorá-los e estar junto a eles nesta caminhada.

Deus seja louvado.

Posted in Geral | Leave a Comment »

Papa: Processos de nulidade matrimonial mais simples e rápidos

Posted by pastoralfamiliarmoc em 8 de setembro de 2015


Cidade do Vaticano (RV) – Foram anunciadas na manhã de terça-feira (08/09) as principais mudanças decididas pelo Papa em relação aos processos de nulidade matrimonial.

O objetivo do Papa não é favorecer a nulidade dos matrimônios, mas a rapidez dos processos: simplificar, evitando que por causa de atrasos no julgamento, o coração dos fiéis que aguardam o esclarecimento sobre seu estado “não seja longamente oprimido pelas trevas da dúvida”.

As alterações constam nos dois documentos ‘Mitis Iudex Dominus Iesus’ (Senhor Jesus, manso juiz) e ‘Mitis et misericors Iesus’ (Jesus, manso e misericordioso), apresentados na Sala de Imprensa da Sé.

A reforma foi elaborada com base nos seguintes critérios:

1.    Uma só sentença favorável para a nulidade executiva: não será mais necessária a decisão de dois tribunais. Com a certeza moral do primeiro juiz, o matrimônio será declarado nulo.
2.    Juiz único sob a responsabilidade do Bispo: no exercício pastoral da própria ‘autoridade judicial’, o Bispo deverá assegurar que não haja atenuações ou abrandamentos.  3.    O próprio Bispo será o juiz: para traduzir na prática o ensinamento do Concílio Vaticano II, de que o Bispo é o juiz em sua Igreja, auspicia-se que ele mesmo ofereça um sinal de conversão nas estruturas eclesiásticas e não delegue à Cúria a função judicial no campo matrimonial. Isto deve valer especialmente nos processos mais breves, em casos de nulidade mais evidentes.
4.    Processos mais rápidos: nos casos em que a nulidade do matrimônio for sustentada por argumentos particularmente evidentes.  5.    O apelo à Sé Metropolitana: este ofício da província eclesiástica é um sinal distintivo da sinodalidade na Igreja.
6.    A missão própria das Conferências Episcopais: considerando o afã apostólico de alcançar os fiéis dispersos, elas devem sentir o dever de compartilhar a ‘conversão’ e respeitarem absolutamente o direito dos Bispos de organizar a autoridade judicial na própria Igreja particular. Outro ponto é a gratuidade dos processos, porque “a Igreja, mostrando-se mãe generosa, ligada estritamente à salvação das almas, manifeste o amor gratuito de Cristo, por quem fomos todos salvos”. 7.    O apelo à Sé Apostólica: será mantido o apelo à Rota Romana, no respeito do antigo princípio jurídico de vínculo entre a Sé de Pedro e as Igrejas particulares.
8.    Previsões para as Igrejas Orientais: considerando seu peculiar ordenamento eclesial e disciplinar, foram emanadas separadamente as normas para a reforma dos processos matrimoniais no Código dos Cânones das Igrejas Orientais.

Diante dos jornalistas credenciados, o juiz decano do Igrejas OrientaisIgrejas Orientais, Mons. Pio Vito Pinto explicou que os decretos (motu proprio) são resultado do trabalho da comissão especial para a reforma destes processos, nomeada pelo Papa em setembro de 2014.

Também estavam na coletiva o Cardeal Francesco Coccopalmerio, Presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos, e o arcebispo jesuíta  Luis Francisco Ladaria, secretário da Congregação para a Doutrina da Fé.

(CM)

(Radio do Vaticano)

Posted in Geral | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Família é formada pela união entre homem e mulher, diz relator

Posted by pastoralfamiliarmoc em 3 de setembro de 2015


Fornecido por Notícias ao Minuto

O relator da Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa o Estatuto da Família, deputado Diego Garcia (PHS-PR), apresentou nesta quarta, 2, seu relatório no qual estabelece como conceito básico de família “a união de um homem e de uma mulher, por meio de casamento ou de união estável, e a comunidade formada por qualquer dos pais e seus filhos”. Exclui-se, portanto, o conceito de que uma família possa ser formada por pais homossexuais.

A matéria completa está na página NOTÍCIAS deste blog.

Posted in Defesa da vida, Família, Geral, Política, Religião | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Sínodo do adultério

Posted by pastoralfamiliarmoc em 2 de setembro de 2015


São Teodoro e o “Sínodo do adultério”

Posted: 01 Sep 2015 01:30 AM PDT

São Teodoro Studita, mosaico do século XI, mosteiro de Nea Moni, em Chios, Grécia.
Roberto de Mattei
(1948 – ) professor de História italiano especializado nas ideias religiosas e políticas no pós-Concilio Vaticano II.

Com o nome de “Sínodo do adultério”, entrou para a História da Igreja uma assembleia de bispos que no século IX quis aprovar a prática do segundo casamento após o repúdio da esposa legítima.

Veja a matéria completa na página NOTÍCIAS deste blog

Posted in Família, Geral, Religião | Etiquetado: , , , , , , | Leave a Comment »