Pastoral Familiar – – Arquidiocese de Montes Claros, MG.

Em defesa da família e da vida.

Archive for dezembro \24\UTC 2014

Papa à Cúria: Catálogo de possíveis doenças

Posted by pastoralfamiliarmoc em 24 de dezembro de 2014


“Uma Cúria que não faz “autocrítica”, que não se atualiza – disse o Papa – que não procura se melhorar é um corpo doente.”

http://www.news.va/pt/news/papa-a-curia-catalogo-de-possiveis-doencas

Na segunda-feira, (22), o Papa Francisco pediu à Igreja uma profunda reflexão sobre as possíveis novas doenças.

(Veja o artigo completo na páginas Notícias deste blog.)

Anúncios

Posted in Aborto, Família, Geral, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Uma palavra de encorajamento e de esperança

Posted by pastoralfamiliarmoc em 23 de dezembro de 2014


Uma palavra de encorajamento e de esperança (Eduardo Storino – Tradução livre) 12-Que vos parece? Um homem possui cem ovelhas: uma delas se desgarra. Não deixa ele as noventa e nove na montanha, para ir buscar aquela que se desgarrou? 13-E se a encontra, sente mais júbilo do que pelas noventa e nove que não se desgarraram. 14-Assim é a vontade de vosso Pai celeste, que não se perca um só destes pequeninos. “(Mat. 18: 12-14). Tudo o que somos cristãos e acreditamos que a vida humana, temos de lutar com todas as nossas forças contra este grande matança de inocentes, que está acontecendo todos os dias no mundo, com a aprovação das autoridades e leis em muitos países, através da legalização do aborto. Mas hoje eu quero abordar um aspecto bastante esquecido tudo que a realidade complexa e dirigir uma palavra de encorajamento e de esperança para mulheres que em um momento de inconsciência ou desespero ou movido por  Deus sabe em que circunstâncias, ou mesmo no pior casos de puro egoísmo, destruiu a vida da criança que ela carregava em seu ventre e, em seguida, pensa e sente em sua consciência o peso do remorso, que mergulha na amargura e frustração. (Veja o artigo completo na página Notícia deste blog.)

Posted in Aborto, Defesa da vida, Família, Geral, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

“Peço perdão pelas minhas faltas e de meus colaboradores”, diz o Papa no discurso aos funcionários do Vaticano

Posted by pastoralfamiliarmoc em 22 de dezembro de 2014


Veja o discurso completo na pág. de Notícias neste blog.

Posted in Defesa da vida, Família, Geral, Pastoral Familiar, Política, Religião | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

Mensagem de Natal do Papa Francisco

Posted by pastoralfamiliarmoc em 18 de dezembro de 2014


th

Feliz Natal

O Natal costuma ser sempre uma ruidosa festa; entretanto se faz necessário o silêncio, para que se consiga ouvir a voz do amor.

Natal é você. Quando se dispões, todos os dias, a renascer e deixar que Deus penetre em sua alma.

O pinheiro de Natal é você, quando com sua força, resiste aos ventos e as dificuldades da vida.

Você é a decoração de Natal, quando suas virtudes são cores que enfeitam sua vida.

Você é o Sino de Natal, quando chama, congrega, reúne.

A Luz de Natal é você quando com uma vida de bondade, paciência, alegria e generosidade consegue ser luz a iluminar o caminho dos outros.

Você é o anjo do Natal quando consegue entoar e cantar sua mensagem de paz, justiça e amor.

A estrela-guia do Natal é você. Quando consegue levar alguém, ao encontro do Senhor.

Você será os Reis magos quando conseguir dar, de presente, o melhor de si, indistintamente a todos.

A música de Natal é você, quando consegue também sua harmonia interior.

O presente de Natal é você, quando consegue comportar-se como verdadeiro amigo e irmão de qualquer ser humano.

O cartão de Natal é você, quando a bondade está escrita no gesto de amor de suas mãos.

Você será os “votos de Feliz Natal” quando perdoar, restabelecendo de novo, a paz, mesmo a custo de seu próprio sacrifício.

A ceia de Natal é você, quando sacia de pão e esperança, qualquer carente ao seu lado.

Você é a noite de Natal , quando consciente, humilde, longe de ruídos e de grandes celebrações, em silêncio recebe o Salvador do Mundo.

Um muito Feliz Natal a todos que procuram assemelhar-se com esse Natal.

Papa Francisco

Posted in Família, Geral, Pastoral Familiar, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Aniversário do Papa Francisco leva o tango ao Vaticano

Posted by pastoralfamiliarmoc em 18 de dezembro de 2014


Aniversário-do-papa-Francisco-leva-tango-ao-Vaticano

Posted in Aborto, Defesa da vida, Família, Geral, Pastoral Familiar, Política, Religião | Etiquetado: | Leave a Comment »

Aspectos pouco lembrados do Natal

Posted by pastoralfamiliarmoc em 17 de dezembro de 2014


Presépio. Catedral de Motherwell, Escócia
Presépio. Catedral de Motherwell, Escócia

A festa de Natal é a comemoração do nascimento de nosso Salvador em Belém. É a alegria pela vinda do Menino Jesus à Terra. É a Redenção que se inicia. É o gáudio de Maria Santíssima.
A cada ano, por ocasião dessa magna data, graças especiais descem sobre os homens. São graças de suavidade, de bem-estar espiritual, de uma felicidade intensa e calma.
Quanto mais uma sociedade está penetrada pela influência da Civilização Cristã, mais essas graças se fazem sentir; quanto mais ela estiver paganizada, mais as almas tendem a rejeitá-las, e então elas parecem refugiar-se nos poucos que permanecem fiéis ao sentido autêntico do Natal.

O Natal afugenta os demônios

Mas há um aspecto do Natal que tem sido pouco lembrado ao longo dos últimos tempos: é o fato de que as graças natalinas afugentam o demônio e seus malefícios.
A Civilização Cristã sempre o entendeu assim, e numerosas lendas, cheias de beleza e ingenuidade, retratam tal realidade.
Isto não significa que tais lendas devam ser tomadas ao pé da letra em todos os seus pormenores, mas não se pode negar que, freqüentemente, elas são portadoras de verdades profundas.
Ao acrescentar poesia e imaginação a certos acontecimentos natalinos, o povo miúdo de Deus consegue exprimir uma realidade espiritual mais alta, que de outro modo lhe seria difícil manifestar.

Os teólogos estudarão com termos apropriados e precisos tais assuntos, e isto é necessário.

O povo, porém, inspirado pelo Espírito Santo e guiado pelo amor de Deus, os alcança muitas vezes através de um misto de entendimento e fantasia, que deve estar sempre submisso ao olhar materno e vigilante da Santa Igreja.

(Autor: Gregorio Vivanco Lopes)
(Valores Inegociáveis; respeito à vida, a família e à religião)

Posted in Geral | Leave a Comment »

Governo do PT cumpre a promessa e cria a “cartilha do aborto”

Posted by pastoralfamiliarmoc em 15 de dezembro de 2014


Ivanaldo Santos

No mês de junho de 2012 a grande mídia noticiou que o governo, na gestão da presidente Dilma Roussef (PT), pretendia criar uma espécie de “Kit Aborto”, ou seja, um conjunto formado por remédios e uma cartilha que, em tese, orientariam a mulher que pretende abortar a cometer um aborto de forma “segura”, como se houvesse algum tipo de aborto que seja realmente seguro.

(Veja o assunto completo na pág. de Notícias deste blog.)

Posted in Aborto, Defesa da vida, Geral, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

III Encontro da Rede LatinoAmericana de Sacerdotes e seminaristas pela Vida

Posted by pastoralfamiliarmoc em 15 de dezembro de 2014


III Encontro da Rede LatinoAmericana de Sacerdotes e seminaristas pela Vida

(REDESSVIDA)

“Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância”

João, 10,10

DECLARAÇÃO DE GUADALAJARA, PELA VIDA E A FAMÍLIA.

(Tradução livre – Eduardo Storino)

Os sacerdotes e seminaristas participantes do Terceiro Encontro da Rede Latino-Americana de sacerdotes e seminaristas para a Vida, encontro organizado pela Human Life International, REDESSVIDA, ADAVIDA, e com o apoio da Arquidiocese de Guadalajara, com a participação de delegações México, Guatemala, Argentina, Peru, Espanha, Bolívia, Nicarágua, Equador, Estados Unidos, Panamá e as instalações da Universidad del Valle de Atemajac; de 8 a 10 de Outubro de 2014 verificou-se que na América Latina é implantada a “cultura da morte” pela imposição de políticas e leis contra o ser humano em sua dimensão pessoal, através de: o aborto, a eutanásia, a eugenia, a homossexualidade , a ideologia de gênero concretada em falsos direitos; e sua dimensão social, através de: o ataque ao matrimônio natural, a esterilização voluntária e forçada, a contracepção, a fertilização in vitro e manipulação de embriões.
Reunidos para o estudo da realidade da vida e da família sob seus aspectos biológicos, espirituais e sociais, reconhecendo a pessoa como um dom de Deus e, portanto, a verdadeira dignidade da pessoa humana desde a concepção até morte natural, e mudou-se com a alegria do Evangelho e da urgência de estabelecer a cultura da vida:
Denunciamos a imposição de leis iníquas por agências governamentais e instituições públicas e privadas, que são chamados para defender a vida e a família, pervertendo assim sua missão principal.
Assim, sob o filosófico teológico apoio,, doutrinária e científica, à luz da Revelação, na presença de nosso Senhor Jesus Cristo e à Virgem de Guadalupe Imperatriz das Américas chegou às seguintes conclusões:
Reafirmamos:
1. A necessidade de oração e presença pastoral ativa e corajosa para a defesa da vida, da dignidade pessoal e familiar.
2. Pastoral Familiar é um pilar fundamental sobre o qual todos os outros pastorais podem se desenvolver.
3. A necessidade de um estudo com foco atual em questões relacionadas com a vida, a dignidade, o casamento e a família lá no plano de Deus e os ensinamentos da Igreja nos seminários e casas de formação sacerdotal e resposta novos desafios e paradigmas que geram a cultura da morte.
4. A dignidade da pessoa humana na sua natureza de gênero distinto, complementando, o homem e a mulher com o papel fundamental de cada um na família e na sociedade, a partir da sua feminilidade natural e masculinidade e sua vocação para a maternidade e paternidade.
5. O apoio e assistência às estratégias dos grupos e Pro-vida e organizações familiares para enfrentar e reverter os danos causados pela cultura da morte.
6. O direito da criança a ser concebida, nascida e desenvolvida em uma família natural.
7. Coordenar com a Conferência Episcopal da Guatemala a possibilidade de concretizar a  celebração do IV Encontro Latino-Americano de sacerdotes e seminaristas para a Vida, de 2016, em casa.
Cidade de Guadalajara, Jalisco. México, em 10 de outubro de 2014.
Shenan Boquet P.
Presidente da Human Life International.

Posted in Aborto, Defesa da vida, Família, Geral, Pastoral Familiar, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Meio milhão de franceses nas ruas contra a Revolução Sexual Socialista

Posted by pastoralfamiliarmoc em 14 de dezembro de 2014


 

Perto de 530.000 franceses desfilaram em 5 de outubro, em Paris e Bordeaux, contra a inseminação artificial de uma dupla de lésbicas (procriação medicamente assistida ou PMA) e o aluguel de ventres (gestação por outro ou GPA) em favor de um par de homossexuais. Essas operações atualmente são ilegais e não podem ser financiadas pelo sistema público de saúde.

Os manifestantes foram convocados pelo conjunto de organizações conhecido como “La Manif pour tous”, que já promoveu multitudinários protestos contra o “casamento” homossexual nos dois anos anteriores, segundo informou a imprensa francesa, como “La Croix”.

Falou-se de uma certa desarticulação ou desânimo em relação a movimento. Mas as passeatas mostraram tratar-se de pura torcida esquerdista visando esmorecê-lo.

O público familiar, e em sua larga maioria católico conservador, manifestou-se com a força e o número dos grandes dias, deixando atônitos muitos jornalistas, especialistas e sociólogos acostumados aos raciocínios de laboratório.

Infelizmente – e como não é novidade – a grande mídia brasileira pouco ou nada informou sobre essas colossais manifestações populares, que rumam no sentido oposto ao das esquerdas e da Revolução Sexual.

Procurando esvaziar as manifestações, Manuel Valls, primeiro ministro socialista, concedeu entrevista ao jornal “La Croix”, porta-voz oficioso da Conferência Episcopal Francesa, prometendo que os projetos questionados não serão aprovados.

Em promessa de político em apertos, quanto mais de um socialista, só um cúmplice ou um vesgo pode de fato acreditar.

Muitíssimos pais de família com seus filhos, bem como numerosas delegações vindas de todos os cantos do país, desfilaram em Paris entre a Porte Dauphine e Montparnasse.

Tal era a extensão do cortejo, que na altura da famosa cúpula dos Invalides, ele passou durante cinco horas!

Muitas faixas exibiam as razões do mal-estar popular: “Espancamento tributário das famílias: STOP”; “O ser humano não é uma mercadoria”, ou ainda “A mulher não é uma máquina de fazer bebês”.

Nada a ver com as passeatas financiadas pelo governo ou por algum grupo de pressão. Os manifestantes pagaram do próprio bolso todas as despesas de transporte e outras, chegando de ônibus alugados por grupo, de trem, ou partilhando o carro em combinações feitas através das redes sociais.

Laurence veio de Mans (Sarthe) com seus dois pequenos filhos. Ele nunca perdeu uma manifestação e disse: “As garantias de Manuel Valls (primeiro ministro) vê-se bem que é um jogo. Agora chega de palavras, nós queremos fatos”.

Um grupo de estudantes veio de Fribourg, Suíça, onde estudam filosofia e teologia. Um deles, Grégoire, de 23 anos, disse sentir-se mal diante das manobras que visam “mudar nossa moral para fundamentá-la em outras coisas que não são a ordem natural. A ‘gestação por outro’ conduz à coisificação dos homens e pode dar na eugenia”, explicou.

Os manifestantes continuam exigindo a abrogação da lei de “casamento” homossexual.

Em Bordeaux, entre os 30.000 manifestantes provenientes das regiões do sul como Aquitaine, Midi-Pyrénées, Poitou-Charentes, Limousin e Vendée, não faltavam as críticas contra o prefeito da cidade, Alain Juppé, que embora se apresente como de ‘direita’, declarou que não abolirá a lei de “casamento” homossexual.

Geoffroy, de 36 anos, pai de cinco crianças e residente em Pau, não longe de Lourdes, montou seu cartaz ironizando os ditos desse político de direita, dizendo: “Esse não vai ser meu presidente”.

“Casamento” homossexual, ‘gestação por outro – GPA’, ‘procriação medicamente assistida – PMA’, ideologia de gênero e outras aberrações igualitárias acabaram formando um pacote de procedimentos moralmente perversos voltados contra a própria finalidade da família e repudiados pelas manifestações.

Para a imensa maioria dos presentes, a manifestação passa por cima das posições dos partidos políticos, inclusive daqueles que vêm subindo por se dizerem defensores da família. “Não podemos alugar o corpo da família”, insistia Jean-Baptiste de Scorraille, prefeito de bairro em Toulouse.

Para Constance, 19 anos, de Bayonne, “é importante mostrar com estas manifestações que a família, inclusive os jovens, estão contra este mundo que quer a mercantilização das crianças”.

(Valores inegociáveis)

Posted in Aborto, Defesa da vida, Família, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

O que sofrem as mulheres sequestradas em nome do Corão

Posted by pastoralfamiliarmoc em 12 de dezembro de 2014


Cerca de uma centena de meninas e moças nigerianas que foram sequestradas pelos fanáticos islâmicos do Boko Haram mas conseguiram fugir, descreveram os tormentos de que foram objeto, segundo noticiou o jornal “Clarín” de Buenos Aires.

Aplicando os conselhos do Corão para o trato com os cristãos, os islamitas escravizaram-nas e as submeteram a trabalhos degradantes, estupros, torturas, abuso psicológico e “matrimônio forçado”, além de obrigá-las a se “converterem” pela força ao Islã.

(Veja mais na página Notícias deste blog)

Posted in Defesa da vida, Família, Política, Religião | Etiquetado: , , , , , , , , , | Leave a Comment »